Lucimara silvestre da silva fotos

Закрыть ... [X]

Que tal adotar um Pinscher? Está em dúvida porque não sabe como se comporta esse simpático cãozinho? Não tem problema, vamos revelar tudo sobre essa raça cuja origem é na Alemanha e como cuidar desse amiguinho.

O Pinscher que faz parte da mesma família do Terrier é um cão de pequeno porte. A origem da sua raça é alemã, mas pode ser encontrada em várias partes do mundo, incluindo no Brasil.

A função desse cãozinho há muito tempo atrás era aquela de “caçar pequenos parasitas”, mas nos dias de hoje, ele é mesmo uma boa companhia para os seus donos.

O tamanho médio de um cão da raça Pinscher varia entre machos e fêmeas. A altura de um macho dessa raça não é maior que 31 centímetros e menor que 25 centímetros, enquanto o peso fica entre 3 a 5 quilos no máximo.

No caso da fêmea, a altura varia bem pouco para menos aquela máxima, 31 centímetros, a menor é de 25 centímetros e o peso médio é exatamente o mesmo daquele dos machos, entre 3 e 5 quilos.

Além de Pinscher, eles são chamados de Reh Pinscher e Zwergpinscher.

No ranking de inteligência, esse cãozinho fica na posição 37. Nada mal, não é mesmo?

Outras Curiosidades Do Pinscher Para Quem Pensa Em Adotar

É muito comum que as pessoas pensem que um Pinscher Miniatura é uma versão miniatura de uma outra raça, a do Doberman Pinscher. Quando na verdade, esse primeiro é bem mais velho entre as duas raças.

Já sobre a origem do Pinscher se sabe bem pouco. Já fizeram algumas comparações com um gato do século XVII, que pode ser visto em uma pintura. A pintura descreve como um gato, mas que é bem parecido com o Mini Pinscher. Já as obras do século XIX não deixam dúvidas, as pinturas retratam o cão Pinscher ou no máximo, do tipo, bem parecidos.

Acredita-se, portanto, que a raça desses cães pode ter sua origem no cruzamento de pequeno terrier de pelo curto com o Greyhound ou Dachsjund, ambos da Itália.

Se percebe nos Pinscher dos dias atuais, alguns traços evidentes dessas raças, como por exemplo, a estrutura óssea, as cores, preta ou castanha e como característica de comportamento, o mau humor. No caso dos cães da Itália podemos ver características semelhantes como a jovialidade, o modo com que facilmente se movimentam, a elegância.

Aliás, o Pinscher é considerado uma raça de cachorros que tem mais energia no mundo. Então, se você quer adotar um Pinscher vá se preparando para ajudá-lo a gastar toda a energia natural que ele possui.

O Pinscher Na Alemanha

O Pinscher que você pode encontrar para adoção hoje é aquele de origem alemã. Essa raça começou a ser criada por volta do início do século 1800, chamado de “spitfires”, o que deveria ser uma “raça específica”, que os seus criadores iriam chamar de “Reh Pinscher”. A escolha do nome tem um motivo, o da sua semelhança com um outro animal alemão, o veado (reh). Porém, significa “terrier”, pura e simplesmente o nome Pinscher.

Quando os alemãs deram início a criação dessa raça de cães, eles queriam que eles tivessem o menor tamanho possível. Nessa tentativa de “manipular” o tamanho dos cães, os cientistas acabaram criando animais feios e aleijados. Porém, finalmente, em 1900, eles conseguiram a ter novamente cães elegantes e com a solidez que a raça tinha antes de começarem os testes para se ter animais pequenos.

Não demorou muito para que o Pinscher se tornasse um cão muito popular na Alemanha. Eles eram levados para a exposição de cães que aconteciam no país pouco antes da Primeira Guerra Mundial. Veio a guerra e muitos desses animais acabaram morrendo e o número de cães dessa raça diminuiu bastante.

O futuro em recuperar e não deixar que a raça desaparecesse para sempre estava nas mãos de quem tinha um dos cães que foram exportados antes do início da guerra. Foi nesse momento, que os Pinscher passou a ser uma raça mais popular do outro lado do oceano, na América.

No ano de 1929, foi reconhecido como uma das raças mais importantes de cachorro do munto todo e se tornou muito popular em várias partes do mundo, e até hoje, nos Estados Unidos, é um dos mais populares.

Como É O Temperamento Do Pinscher

Se você está buscando um Pinscher para adotar é muito importante conhecer bem o comportamento dessa raça de cachorro. Aliás, isso serve para qualquer raça. Saber como um animal instintivamente se comporta ajuda a entender se ele é mesmo adequado para a sua situação. Principalmente, quando ele terá que viver dentro de casa. Se aquele espaço é adequado, a sua rotina, são fatores que influenciam na escolha.

Como foi dito lá no começo, o Pinscher está entre as raças de cães com mais energia de todas. O que significa que é um cachorro que não para, está em movimento o tempo todo.

Ele é um cão muito corajoso e curioso, por isso, acaba sendo imprudente, com tanta energia é necessário ficar de olho para que ele não se machuque. É muito jovial e está sempre procurando alguma coisa para fazer. Tende a ser um cão independente e teimoso.

O Pinscher não gosta de interagir com estranhos, prefere ficar no próprio canto e quando tem a oportunidade caça pequenos animais.

Pinscher Para Adoção: Dicas Para Cuidar Do Seu Novo Amigo

Ele precisa se manter ativo, como é pequeno, essa “movimentação” pode ser feita dentro de casa também. É o suficiente para satisfazê-lo.

Ao longo do dia ele deve fazer atividades e não somente em um curto período. Quando está ao ar livre fica ainda mais feliz, mas atenção, tem que ser um lugar seguro, que você não o perca de vista. Ele é ágil e corajoso, não esqueça.

É um cão que não gosta do frio e deve viver dentro de casa, em qualquer época do ano.

O pelo é bem simples de cuidar. Basta retirar os pelos velhos passando uma escova.

Sobre a saúde desse cão não é preciso ter grandes preocupações. O problema mais comum que ele sofre é luxação da patela e em alguns raros casos, sofrem com atrofia progressiva da retina.

Para ver como vai a saúde do seu cão é recomendado fazer com frequência, determinada pelo veterinário, exames nos olhos e nos joelhos.

A expectativa de vida desse cão é entre 12 a 14 anos.

O Pinscher é um das raças de cães que mais se tem em casa como animal de estimação isso por que se trata de um cãozinho companheiro e que mesmo sendo um pouco escandaloso em alguns momentos é muito carinhoso para com o seu dono. Esse cão além de uma graça também é um excelente companheiro para as crianças por se tratar de um cão de pequeno porte e inofensivo.

Você pode procurar por um Pinscher para adoção e dessa forma não precisar gastar nada para ter o seu companheiro de quatro patas. A internet está repleta de pessoas que desejam doar animais, pois os seus cães tem filhotes e não a possibilidade de manter todos na casa.

Dessa maneira vamos indicar um portal em que são colocados anúncios de pessoas que desejam adotar um cão e também anúncios de quem deseja doar. Para saber mais sobre a adoção de cães acessehttp://www.webanimal.com.br/cao/index.asp?especie=cao.






ШОКИРУЮЩИЕ НОВОСТИ



Related News


Tatuajes de dragones fotos
Playas de pipa brasil fotos
Cabo de gata fotos playas
Pedro moreno fotos desnudo